quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Prova

Entenda as Invasões no Computador

Introdução

As pessoas que se importam com a segurança do seu computador são geralmente paranóicas quando o assunto é invasão, principalmente quando lêem repetidamente a frase mágica que diz que você nunca está seguro. Vamos tentar esclarecer como funciona uma invasão.
Definição: Serviço

Durante este artigo utilizarei diversas vezes a palavra serviço. Serviços são diversos softwares que abrem portas no seu computador com o objetivo de fornecer um serviço ou funcionalidade. Alguns exemplos:

    * Servidores HTTP, FTP, Telnet e Banco de Dados
    * Compartilhamento de arquivos e pastas
    * Serviços do sistema que abrem conexões no seu computador
    * Clientes P2P escutam por conexões para enviar arquivos

Importante: Nem todos os Serviços listados no painel Serviços no Windows 2000/XP abrem portas. Nesse artigo, somente um serviço que abre portas no sistema e recebe conexões será considerado um “Serviço”. Um navegador de Internet também abre portas no sistema, mas o estado da porta não permite que ela receba conexões, portanto não é um Serviço.
A Invasão

A invasão propriamente dita só ocorre de uma forma: um indivíduo malicioso se conecta em um serviço falho do seu computador para conseguir acesso. O problema está nesse serviço, sejam falhas de segurança ou erros de configuração. Não é possível que ele entre de qualquer outra forma. Seu sistema está seguro quando todos os serviços estão com as versões mais atuais e, quando necessitam configurações, sem erros na configuração.

Para conseguir explorar as falhas desse serviço, o cracker precisa, primeiramente, ser capaz de conectar-se nele. É por este motivo que um firewall é importante: se você estiver usando um, o cracker não vai conseguir se conectar no seu serviço, mesmo que ele esteja com problemas.

Certos serviços não precisam possuir falhas para causar problemas, como o Telnet (onde o problema pode ser uma senha fraca) ou o Compartilhamento de arquivos e Pastas (onde os compartilhamentos sem senha podem ser acessados por qualquer pessoa na Internet). Em todos os casos, é sempre necessário que alguém conecte no seu computador. Se o seu computador rejeitar a conexão, não será possível fazer mais nada.
Como ocorre a invasão

   1. Cracker conecta no seu computador na porta onde está o serviço
   2. Cracker explora falha de segurança ou falha de configuração no serviço
   3. Cracker consegue acesso ao seu computador com os mesmos privilégios do serviço

Vamos supor que você está rodando um serviço falho (por exemplo, uma versão antiga do MySQL) com as permissões de administrador do sistema. O cracker que explorar a falha neste serviço terá estas mesmas permissões.

O worm Blaster nada mais é do que uma ‘invasão automática’. O worm invade o serviço de Chama de Procedimento Remoto e ganha as permissões de sistema. Com esta permissão, ele se envia para o computador da vítima e se instala. Da mesma forma o OpaServ explorava erros de configuração E falhas no serviço de compartilhamento de arquivos e impressora.

Um cracker poderia fazer exatamente o mesmo sem problema nenhum e instalar diversos tipos de programas ou trojans no seu computador e, portanto, o que previne um também previne o outro. Instalar a “correção do Blaster”, na verdade, corrige a falha do serviço e, quando um cracker (ou outro worm) tentar explorar a falha, nada vai acontecer.
Serviços Maliciosos

Existe um outro caso onde o que ocorre não é uma invasão, mas sim uma “dominação”. Seu computador é “dominado” por um cracker sem que ele tenha que “invadir” você. Os danos de uma “dominação” são geralmente os mesmos de uma invasão, devido ao fato que uma invasão sempre ocorre com os objetivos de dominar o computador.

Se você executar um arquivo que possua um backdoor, o cracker vai ter o mesmo acesso ao seu computador como se ele estivesse invadido seu sistema, pois o backdoor nada mais é do que um serviço que é “falho por padrão” para permitir que o cracker dê os comandos que quiser.

Geralmente as invasões ocorrem com o objetivo de instalar um backdoor e facilitar o controle do computador pelo cracker.
Dicas de Proteção

Os computadores pessoais são sempre mais seguros que servidores. Isso porque servidores executam diversos serviços (banco de dados, servidor web, servidor de arquivos, servidor FTP) que geralmente não estão disponíveis em computadores pessoais. Quanto menos serviços estão rodando no seu computador, menos pontos para entrada um cracker possui.

Se você possui estes serviços (servidores web como IIS, Apache) ou talvez servidores de banco de dados (como MS SQL, MySQL) e você precisa que outras pessoas além de você tenham acesso à ele, não deixe de atualizá-los, ou seu computadora acabará se tornando inseguro. Se só você precisa deles (por exemplo, você usa-os apenas localmente para testar páginas), não deixe de bloqueá-los no firewall para fechar as portas de entrada dos invasores.

Os serviços geralmente estão abertos ao público (toda a Internet), porém nem sempre você precisa disso. Por exemplo, se você executa algum programa que necessita de um banco de dados que está no seu próprio computador, este banco de dados não precisa que todas as pessoas na Internet tenham acesso à ele, apenas o seu próprio computador.

A Regra Geral é bloquear, através de um firewall, todos os serviços que você só precisa localmente, ou seja, aqueles que não precisam ser acessados remotamente. Aplicativos P2P, por exemplo, necessitam de conexões de toda a Internet, porém serviços do Windows e compartilhamento de pastas não e por isso podem ser seguramente bloqueados. Se você precisa ajuda para configurar o seu firewall, não deixe de perguntar no nosso fórum.
Então eu nunca estou seguro?

Se você utiliza os serviços nas suas versões mais atuais e estáveis, as quais não possuem falhas conhecidas e você sabe que não é possível conectar-se neles através de qualquer computador na Internet, você está bastante seguro. Na verdade, isso é praticamente tudo que você, como usuário, pode fazer para deixar o computador seguro contra invasões remotas.

Lembre-se que falhas novas podem ser descobertas em diversos serviços e, nesse caso, você precisa atualizá-los. Em algumas raras ocasiões, certas falhas não são publicadas para fabricante do software e nesse caso, pode demorar até que ela seja consertada, porém sempre vão existir métodos adicionais para a proteção, sendo o principal deles um firewall.

Mas essa segurança pode ir por água abaixo se você instalar um backdoor, talvez através um download falso em uma rede P2P. Se você possui um backdoor instalado, não é necessário uma “invasão”, pois um backdoor é geralmente o resultado de uma invasão, ou seja, o backdoor é o que dá o controle do seu computador para o cracker. Backdoors podem ser também rootkits, como o Hacker Defender.

Nesse caso o seu maior aliado é a sua própria atenção para não cair em mensagens falsas em e-mails e verificar com um antivírus todos os arquivos recebidos através de meios inseguros. A proteção do seu computador como um tudo é um assunto mais longo e que tentamos cobrir através dos artigos deste site.

Lembre-se que a segurança é uma ação sua e seu computador nunca vai estar 100% seguro se você não tiver 100% de cuidado, pois nem todos os software de segurança disponíveis no mercado juntos são capazes de substituir o valor de um usuário atento.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Simulado

UM CAMINHO ALTERNATIVO À QUIMOTERAPIA.

Texto recebido por e-mail, atribuído ao John Hopkins Hospital (EUA)

1    Todas as pessoas têm células cancerosas no corpo. Estas células não aparecem nos testes-padrão até que tenham se multiplicado e atingido o número de alguns bilhões. Quando os médicos dizem aos  pacientes de câncer que não há mais células cancerosas nos seus corpos depois do tratamento, isto quer apenas dizer que os testes são incapazes de detectar as células cancerosas porque não atingiram o número detectável.

2.    Células cancerosas ocorrem de 6 a mais de 10 vezes ao longo da vida das pessoas.

3.    Quando o sistema imunológico da pessoa está forte, as células cancerosas são destruídas e impedidas de se multiplicar e formar tumores.

4.    Quando uma pessoa tem câncer, isto indica que ela tem múltiplas deficiências nutricionais. Estas podem ser decorrentes de fatores genéticos, do meio ambiente, da alimentação e do estilo de vida.

5.    Para superar as múltiplas deficiências nutricionais, mudanças na dieta e a inclusão de suplementos fortificarão o sistema imunológico.

6.    Quimioterapia envolve o envenenamento das células cancerosas de rápido crescimento e também destrói células saudáveis também de rápido crescimento da medula óssea, do trato gastrointestinal etc, e causar danos a órgãos como o fígado, os rins, coração, pulmões etc.

7.    A radiação enquanto destrói células cancerosas, também queima, deixa cicatrizes e danifica células sadias, tecidos e órgãos.

8.    Os tratamentos iniciais com quimioterapia e radiação freqüentemente reduzirão o tamanho do tumor. Contudo, o uso prolongado da quimioterapia e da radiação não resultará em maior destruição do tumor.

9.    Quando o corpo tem uma carga muito grande de toxinas da quimioterapia e da radiação, o sistema imunológico é ou comprometido, ou destruído. Em conseqüência a pessoa pode sucumbir por várias espécies de infecções e complicações.

10.   Quimioterapia e radiação podem ocasionar mutações nas células cancerosas, tornando-as resistentes e difíceis destruir. A Cirurgia também pode espalhar as células cancerosas para outros lugares.

11.    Um meio eficaz de combater o câncer é fazer as células cancerosas passarem fome, não lhes dando os alimentos de que necessitam para se multiplicar.


AS CÉLULAS CANCEROSAS SE ALIMENTAM DE:

1.    O açúcar é um alimentador de câncer. Ao eliminar o açúcar é cortada uma importante fonte de alimentação para as células do câncer. Substitutivos do açúcar como Nutra Sweet, Equal, Spoonful, etc são feitos com Aspartame que é prejudicial. Um substituto natural melhor seria mel Manuka ou melado, mas somente em pequenas quantidades. Sal de mesa tem uma substância química adicionada para lhe dar a cor branca. Melhor alternativa é o sal marinho.

2.    O leite faz o corpo produzir muco, especialmente no trato gastro-intestinal. O câncer se alimenta de muco. Cortar o leite e substituí-lo por leite de soja sem açúcar faz com que as células do câncer morram de fome.

3.    As células de câncer prosperam em ambientes ácidos. Uma dieta a base de carne é ácida e é melhor comer peixe e galeto em vez de carne de vaca ou de porco. Carne bovina também contém antibióticos para o gado, hormônio do crescimento e parasitas, que são prejudiciais, especialmente para pessoas com câncer.

4.    Uma dieta com 80% de vegetais frescos e sucos, grãos integrais, sementes, nozes e um pouco de frutas ajuda a colocar o corpo num ambiente alcalino. Cerca de 20% podem ser de alimentos cozidos inclusive feijões. Sucos de vegetais frescos proporcionam enzimas vivas que são facilmente absorvidas e descem até o nível celular dentro de 15 minutos para nutrir e estimular o crescimento das células sadias. Para obter enzimas vivas para formar células sadias experimente e beba sucos de vegetais frescos (a maioria dos vegetais inclusive brotos de feijão) e coma alguns vegetais crus 2 ou 3 vezes ao dia. As enzimas são destruídas a temperatura de 40º C (104° F).

5.       Evite café, chá e chocolate, que contêm muita cafeína. Quanto à água - é melhor tomar água purificada, ou filtrada, para evitar toxinas conhecidas e metais pesados da água de torneira.. Água destilada é ácida, evite-a.

continua abaixo...

CURSO BÍBLICO LIVRE (grátis)

6. A proteína da carne é de difícil digestão e exige um monte de enzimas digestivas. Carne não digerida ao permanecer no intestino apodrece e conduz a um aumento das toxinas.

7. As paredes das células cancerosas têm uma cobertura de proteína dura. Evitar ou comer menos carne libera mais enzimas para atacar as paredes de proteínas das células cancerosas e possibilita que as células matadoras do corpo destruam as células cancerosas.

8. Alguns suplementos constroem o sistema imunológico (IP6, Flor-ssence, Essiac (???), antioxidantes, vitaminas, minerais EFAs (?) etc.) para possibilitar que às células matadoras do próprio corpo destruir as células cancerosas. Outros suplementos, como a vitamina E, são conhecidos por acarretar apoptose, ou seja morte programada de células, método normal do corpo de desfazer-se de células danificadas, indesejadas ou desnecessárias.

9. O câncer é uma doença da mente, do corpo e do espírito. Um espírito  preventivo e positivo ajudará ao guerreiro do câncer a ser um sobrevivente. A ira, o não perdoar e a amargura colocam o corpo num ambiente de tensão e acidez. Aprenda a ter um espírito amoroso e de perdão. Aprenda a relaxar e desfrutar da vida.

10. As células cancerosas não prosperam em um ambiente oxigenado. Exercícios diários e respiração profunda ajudam a proporcionar mais oxigênio para o nível celular. A terapia com oxigênio é outro meio empregado para destruir células cancerosas.

- Nenhum recipiente de plástico no microondas.
- Nenhuma garrafa de água no "freezer".
- Nenhum envoltório de plástico em microondas.

John Hopkins recentemente mandou isto em um dos seus comunicados à imprensa. Esta informação está também circulando no Centro Médico Walter Reed, do Exército.
- A substância química dioxina causa câncer, especialmente câncer do seio.
- As dioxinas são altamente venenosas para as células dos nossos corpos.
- Não congele garrafas plásticas com água, pois isto libera dioxinas do plástico.

 Recentemente o Dr Edward Fujimoto, Gerente do Programa de Bem-Estardo Hospital Castle, esteve num programa de TV para explicar este risco para a saúde. Ele falou sobre as dioxinas e o quanto elas são ruins para nós. Ele disse que não devemos aquecer nossos alimentos no microondas usando vasilhas de plástico.
 Isto se aplica especialmente para os alimentos que contenham gordura. Ele disse que a combinação de gordura, alta temperatura e plásticos libera dioxinas para os alimentos e, finalmente, para dentro das células do corpo.

 Em lugar dos plásticos ele recomenda usar vidro, tais como Corning Ware, Pyrex ou vasilhas de cerâmica para aquecer os alimentos.
 Obtém-se os mesmos resultados, mas sem a dioxina Para coisas como receitas de TV (TV dinners), macarrão de cozimento rápido e sopas, etc., eles devem ser removidos da embalagem e aquecidos em outro recipiente.

 Papel não é ruim, mas não se sabe o que o papel contém. Simplesmente, é mais seguro usar vidro temperado. Ele nos lembra que algum tempo atrás, alguns dos restaurantes de comida rápida (fast food) abandonaram recipientes de espuma e passaram para papel. O problema das dioxinas foi uma das razões.

 Ele também ressaltou que envoltório plástico, como o filme plástico, é também tão perigoso quando colocados sobre os alimentos a serem cozidos em microondas. Com o alimento sob a ação da microonda, a alta temperatura acarreta que efetivamente toxinas venenosas evaporem do envoltório plástico penetrem no alimento. Como substituto, cubra o alimento com toalha de papel.

Este é um artigo que deve ser mandado para todas as pessoas importantes em sua vida.